quarta-feira, 8 de março de 2017

ATIVIDADE DE SEDE - 04 de Março de 2017



No último sábado, em 04 de março, o 35º Grupo Escoteiro Linhares, retornou com suas atividades de sede com fôlego total, reunindo-se na sua nova sede em parceria com a Guarda Civil Municipal de Linhares.
 
 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS






Logo após o I.B.O.A a então lobinha Ana Cláudia se despediu da Selva, assim como Mowgli o fez na Embriaguez da Primavera indo para a cidade dos homens, onde foi recebida com Saudação Escoteira pela Tropa Pégasus.








No Ramo Lobinho chefe Cida e chefe Débora iniciaram o ciclo de programa com um divertido JOGO DEMOCRÁTICO.

 


Com o apoio das mães Janaina e Cyntia o jogo se transformou em uma FEIRA de verdade, onde os lobinhos compraram frutas e legumes em troca de jogos para preenchimento do calendário de atividades do ramo para o ciclo.

 

Inserindo as atividades no calendário













 


Ainda no Ramo Lobinho, chefe Dalmar, Coordenador do Distrito Rio São Mateus, veio até Linhares para observar o comportamento dos lobinhos, visualizando se os mesmos estão atuando conforme manda a Lei do Lobinho. Na ocasião chefe Dalmar pôde observar que duas lobinhas não estavam agindo conforme a Lei em duas atividades, sendo assim, como Velho Lobo, o mesmo chamou a atenção das lobinhas Júlia Dantas e Sabrine Vitória.


 

Com a ajuda do escoteiro (Cruzeiro do Sul) Pedro Henrique e da Pioneira (Lis de Ouro) Ramoni, chefe Dalmar conseguiu desconsertá-las.


Quando elas já haviam saído de si, o Velho Lobo abriu o jogo:







"Vocês não fizeram nada de errado! Estou aqui em nome da União dos Escoteiros do Brasil para conceder a vocês o Distintivo de Cruzeiro do Sul!!!"
Lobinhas ao lado de chefe Dalmar, agora menos apreensivas!

No Ramo Escoteiro além das atividades desenvolvidas no dia, o monitor da Patrulha Lobo Breno Alvarenga está na busca do seu Lis de Ouro, sendo assim o mesmo apresentou para tropa a Especialidade de Meteorologia.


Houve ainda a recepção de novos membros do grupo e da tropa, os quais iniciaram o período de integração.

Ainda no Ramo Escoteiro, por proposta da chefia da Tropa Pégasus e recomendação da Corte de Honra, Pedro Henrique (sub-monitor da Patrulha Falcão) e Breno Alvarenga (monitor da Patrulha Lobo), receberam das mãos da Diretoria do 35º GE Linhares o Cordão de Eficiência Verde-Amarelo. Este Cordão é concedido ao escoteiro ou escoteira que tenha conhecimento nas cinco áreas: Desportos, Ciência e Tecnologia, Cultura, Serviços e Habilidades Escoteiras.


Breno Alvarenga recebendo o Cordão Verde-Amarelo

Pedro Henrique recebendo o Cordão Verde-Amarelo




Neste sábado também tiveram em atividade a Tropa Sênior, com os chefes Josemar e Eliomar e o Clã Pioneiro, onde os jovens Paulo Vitor, Emanueli Peroba e Ramoni de Souza alinharam os passos da seção para o semestre.


Ao final chefe Carlos realizou algumas condecorações, dentre elas a chefe Eliana e a Lobinha Helena Ferzali receberam o Distintivo de Recrutador +3 em decorrência das mesmas terem ajudado na expansão do escotismo na região indicando três novos membros cada uma.



Parabéns a todos pelas atividades do dia!

Melhor Possível!
Sempre Alerta!
ServYr!

sábado, 4 de março de 2017

ASSEMBLEIA LOCAL 04/02/2017

No dia 04/02/2017 o GEL 35 LINHARES iniciou suas atividades do Calendário de 2017, sendo a primeira atividade uma Assembléia, tendo a presença de dirigentes, escotistas, escoteiros e familiares de escoteiros.

PAUTA:

1) RETROSPECTIVA DO ANO DE 2016

2) APRESENTAÇÃO DO ORÇAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS 2016

3) DEFINIÇÃO DOS REPRESENTANTES PARA ASSEMBLEIA REGIONAL.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

10º ACAMPAGEL - 03 e 04 de Dezembro



Aconteceu neste final de semana o Acampamento de Grupo do 35 GEL, o 10° ACAMPAGEL.

Ocorreu em Regência, município de Linhares, no Sítio Ecológico Belas Ondas.
Local perfeito para atividades Escoteiras e alinhado aos preceitos do Escotismo no quesito Ecologia: Muito verde e atuação do homem com pensamento Ecologicamente Correto.
Dentre as atividades desenvolvidas foram destaques: trilha ecológica, interação entre os ramos e ajuda mútua, desenvolvimento de habilidades escoteiras e reconhecimento pessoal das nossas crianças, dos nossos jovens e dos nossos adultos voluntários.

d


 











 

]